terça-feira, 15 de julho de 2008

.:. COBAIAS DETALHAM CAPTURA DE MOSQUITOS NA AMAZÔNIA .:.







Depoimentos à PF confirmam denúncias de agentes à Agência Amazônia

Foto: Chico Araújo

Tudo confirmado. Seis agentes de entomologia de Cruzeiro do Sul, a 648 quilômetros de Rio Branco, confirmaram hoje, em depoimento à Polícia Federal, que serviram de cobaias humanas na captura e armazenamento de mosquitos do gênero Anopheles (anofelino), o transmissor da malária. Eles também responderam a sindicância administrativa em 2007 e neste ano por denunciarem as más condições de trabalho.

Nove agentes receberam ameaças e foram retirados da folha de pagamento, depois que três deles deram entrevistas a emissoras de TV locais. Outros três foram demitidos da função por terem denunciado a utilização de inseticida vencido no combate aos criadouros: Clodomir Cavalcante da Silva, Hélio Mendonça Uchôa e Welington da Silva.

JOELHOS EXPOSTOS

Demitidos, procuraram apoio político. Numa reunião no Clube da Farinhada, com o presidente da Assembléia Legislativa do Acre, Edivaldo Magalhães (PCdoB) e o vice-governador do Estado, César Messias (PP), eles pediram para retornar ao trabalho. Até hoje não tiveram resposta. À PF os agentes relataram como ficavam expostos às picadas. “A Secretaria de Saúde orientava a ficar com as calças suspensas até a altura do joelho, com as meias pretas até a metade da canela e os joelhos expostos”, reiterou Ferreira.

Nenhum comentário: