terça-feira, 27 de novembro de 2007

.:. CHEF DO ANO - ALEJANDRO HUERTA .:.

Nascido em Santiago do Chile, o chef Alejandro Huerta recolheu influências de todos os lugares nos quais viveu. Da terra natal, onde deu seus primeiros passos na gastronomia, a cidade de São Paulo, onde trabalhou em casas renomadas como o Figueira Rubayat, e de Barcelona, acompanhou a ascensão da cozinha espanhola nos anos 90, com a consagração de grandes chefs como Ferran Adriá.

Desde 2004, Huerta mora em Fortaleza, onde conferiu a inventividade da culinária nordestina. Apesar desse mix de inspirações, o chef não descuida um só instante das tendências internacionais e do que acontece no resto do Brasil. Por toda essa bagagem, tomou gosto em passar adiante o que sabe e dá aulas de culinária no SENAC da capital cearense.

Depois de ter trabalhado em algumas conceituadas casas da cidade, desde janeiro deste ano ele empresta seu talento ao restaurante Café Matisse. Ali, inventa e reinventa receitas contemporâneas com pitadas generosas da culinária mediterrânea e da cozinha regional.

Em sua despensa não faltam temperos universais como azeite de oliva e ervas frescas, mas o chef se permite alguns cruzamentos inusitados, a partir de ingredientes nordestinos como a carne-de-sol, a castanha-de-caju e a mandioca.
A estética dos pratos também é um dos atributos do chef. "As cores, o volume, o visual do prato são essenciais", garante.


Quando não está no Matisse, elabora menus para eventos no restaurante Comodoro do Iate Clube de Fortaleza. Por toda a experiência e talento do mestre-cuca, o júri de VEJA Fortaleza o elegeu o chef do ano.

Nenhum comentário: