quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

.:. PORTA-LUVAS – 25 - 12 – 2008 .:.

FLASHES DO COQUETEL DA CHIC NA GALPÃO D

Mais fotos do chique coquetel acontecido na Galpão D, no dia em que se comemorou o terceiro ano da CHIC, AUTOMÓVEIS & SOCIEDADE e apresentou os chiques da city.

Fotos: Patrícia Paes
Vanessa Vidal, Dito Machado e Patrícia Costa (ela em tempora da férias em Buenos Aires)
O sorriso de felicidade de Tarcísio Tavares (o TT das madrugadas) ao ver tantas mulheres bonitas na festa da CHIC na Galpão D
Edilson e Silvia Figueiredo, Emmanuelle e Haroldo Fiúza Jr.
Dito Machao curte a escultura que recebeu, por ser um HOMEM CHIC
Adriana Rodrigues, Max Krichanã, Roberta Fonteles Philomeno, Marcondes Viana



ANIVERSÁRIOS

Hoje, dia 25 de dezembro, a folinha marca idade nova para Carlota Fiúza, Flávio Melo (iniciou-se no campo de iluminação de eventos, fazendo a luz de uma festa de Glamour Girl, em 1978, no Imperial Othon Palace) e Lauro Chaves Neto.



VIAGEM
Na companhia da filha Jéssica e de um grupo de amigos, a jornalista Helena Demes (foto acima) passa o réveillon no Rio de Janeiro, onde assiste à queima de fogos na praia de Copacabana.

JANTAR

Ana Paula Daud e João Cateb Melo vistos em jantar romântico noite de segunda (22) no D´Abelle Bistrô, que tem cardápio assinado pelo chef Fernando Barroso. Também por lá, comandando animada mesa, Francisco Ventura.

PRÉ-RÉVEILLON

Amanhã o colunista Cláudio Cabral comanda mais uma edição do seu pré-réveillon que vai acontecer no Mundi – Pub & Club (leia-se Abílio Gurgel), da Praça Portugal. A partir das 22 horas muita gente conhecida vai curtir devidamente a noitada comandada por Cabral e companhia.


AUDI A4, COM MOTORES 2.0 FSI TURBO DE 183 E 214 CV, CHEGA ÀS CONCESSIONÁRIAS
Fotos: Divulgação / Audi
A traseira do novo A4
A bonita e agressiva frente do Audi A4
Detalhe do farol: beleza e criatividade
O sofisticado interior

Redução do IPI diminuiu em 6,43% o preço dos veículos alemães até 2 litros;
Lista de itens de série e novas tecnologias deixam modelos na condição de melhor custo-benefício da categoria
Mais uma agradável surpresa para os amantes de velocidade, luxo e sofisticação. A marca Audi está trazendo para o Brasil o modelo Audi A4 com duas novas opções de motor e o melhor custo-benefício da categoria: o Audi A4 2.0 FSI turbo, de 183 cv, e a versão mais potente, com 214 cv.

Com a primeira motorização, de quatro cilindros, 1.984 cm3 e câmbio Multitronic, de variação contínua de marchas, a nova versão atinge a velocidade máxima de 228 km/h e acelera de 0 a 100 km/h em 8,2 segundos. Na versão mais potente, de 214 cv tirados do mesmo motor 2.0 FSI turbo, o Audi A4 acelera de 0 a 100 km/h em apenas 6,9 segundos e atinge velocidade máxima de 240 km/h.

A nova versão tem preço a partir de R$ 148.780,00, uma redução de 6,43% em relação ao valor original de R$ 159 mil, graças à redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) já aplicada nos novos modelos da marca alemã com motores até 2 litros.

Para conseguir a diferença de potência – 183 e 214 cv - no mesmo motor 2.0 FSI turbo, os engenheiros da Audi apostaram na mudança da dimensão da turbina e na programação do motor. Entre os destaques de tecnologia do automóvel, está o sistema AVS (Audi Valvelift System) que varia a abertura e fechamento das válvulas do motor, alterando o desempenho em baixas e altas rotações.

O sistema, que já era utilizado na versão V6, promove melhoras no consumo de combustível em cerca de 9%, quando comparado à versão anterior. Outra novidade é que pela primeira vez o AVS é usado em motores turbo-alimentados.
A montadora alemã é o primeiro fabricante do mundo a combinar a tecnologia FSI com a turboalimentação na esfera de motores de corrida e também em linha de produção.

O 2.0 TFSI, um sucesso no A3 Sportback, agora também no Audi A4, tem sistema de injeção direta de combustível, termo que já explica a tecnologia: o injetor localizado no sistema de admissão, no cabeçote, é servido por uma bomba de alta pressão do eixo de comando, que divide a pressão entre todos os cilindros. O injetor regula a entrega de combustível com precisão de milésimos de segundo e a pressão de injeção é de até 110 bar.

Além dos motores ultramodernos, os principais destaques dos modelos 2009 do novo Audi A4 são os itens de série que equipam os veículos, como o sistema de paddles para troca de marcha acoplada ao volante – como nos carros de corrida – (também disponível na versão de 183 cv) e o Audi Infotainment, um sistema de gerenciamento das funções e informações do carro através de uma tela de 6,5 polegadas de cristal líquido, localizada no painel de instrumentos. Outro equipamento de série em todas as versões é o Audi Music Interface, sistema localizado no porta-luvas que faz conexão com tocadores de MP3 de diversas marcas e modelos.

Outra diferença significativa é que o carro já vem equipado de série com o ESP, o programa eletrônico de estabilidade da Audi, que intervém automaticamente no gerenciamento do motor e no sistema de freios ABS, proporcionando o máximo de estabilidade em qualquer condição de rodagem.

Os modelos A4 têm ainda como itens de série o ar-condicionado automático digital Climatronic, capaz de produzir temperaturas diferentes para o motorista e o passageiro da frente; faróis de xenon, computador de bordo com check-control, volante multifuncional de couro, retrovisor interno com função antiofuscante e trio elétrico.

“Em relação à concorrência, o novo Audi A4 2.0 FSI turbo tem desempenho superior e mais itens de série de alta tecnologia”, explica Rafael Clemente, gerente de produto da Audi Brasil. O executivo destaca ainda o Audi Drive Select - tecnologia inédita no segmento de sedãs médios de luxo oferecidos no Brasil – um item disponibilizado como opcional e que garante uma experiência exclusiva de condução.

Trata-se de um sistema de configuração que controla várias funções do carro, alterando as características de dirigibilidade por meio de amortecedores adaptativos, sistema de direção com assistência variável dinâmica (rigidez do volante) e variação automática de rotação das marchas.

De fácil manuseio – basta apertar dois botões no console central – o motorista pode escolher três modos diferentes de dirigibilidade e transformar a “personalidade” do veículo, alterando sua dirigibilidade entre esportiva (modo Dynamic), confortável (modo Confort) ou um meio termo entre esportividade e conforto (modo Auto).

“São três carros em um só”, define Clemente, lembrando que o sistema já é sucesso total na versão 3.2 V6 do A4 e deve se tornar um dos itens mais pedidos pelos clientes nos modelos 2.0 FSI turbo.

Os novos modelos - que têm peso cerca de 10% menor do que na versão anterior, por conta das suspensões em alumínio e também pela carroceria composta por diversos tipos de materiais - podem vir ainda equipados com Adaptive Cruise Control, um controle de cruzeiro onde a distância do veículo à frente é monitorada, resultando em frenagem ou aceleração automática, até que este atinja a velocidade preestabelecida pelo condutor no piloto automático; e Audi Sound System - rádio com capacidade para seis CDs, dez alto-falantes e entrada para cartões SD.

O conceito de habitáculo é outro ponto importante do Audi A4 2.0 TFSI. Da carroceria, com coeficiente de arrasto de apenas 0,28, sua alta tecnologia avança pelo interior, onde a excelente ergonomia e a perfeita disposição do cockpit envolvem o condutor como roupa bem modelada.

O carro não tem alavanca de freio de estacionamento, que foi substituído por um botão no console - o que garante maior espaço no console central para outros objetos. Para os passageiros, mesmo do banco traseiro, há generoso espaço para joelhos, cabeça e ombros, o que se completa com um porta-malas para 480 litros.

Para os veículos trazidos para o Brasil, a Audi oferece detalhes do acabamento interno em padrão alumínio. “Uma pesquisa feita com consumidores brasileiros mostrou que a maioria dos clientes prefere este tipo de padrão aos detalhes em madeira”, explica Clemente, referindo-se ao conceito esportivo que o carro conquistou em nosso País. Outro ganho do modelo é o estofado com revestimento de série em couro Milano, material premium da Audi.

Segurança é assunto sério no novo Audi A4. Os ocupantes dos bancos dianteiros contam com airbags frontais e laterais, que protegem tórax e pélvis, e bolsas para a cabeça. Os airbags frontais são full-size e ativados em dois estágios, controlados por sensores. Dependendo da severidade do acidente, só um deles é acionado.

Os cintos de segurança são inerciais de três pontos, os da frente pré-tensionados com fecho de travamento elétrico e o sistema Audi Backguard, que restringe o movimento da cabeça, em caso de colisão traseira.

Os passageiros do banco de trás, quando sentados junto às portas, também dispõem de bolsas de proteção para a cabeça. Do lado externo, os faróis dianteiros com 14 pontos de LEDs proporcionam visual moderno e de bom-gosto, além de qualidade de iluminação superior.

As novas versões do Audi A4 dispõem de câmbio automático Multitronic, de variação contínua de marchas, que alia o melhor de dois mundos: a insuperável comodidade do câmbio automático com a rapidez do câmbio manual.

Não por acaso, é o primeiro câmbio automático do mundo a oferecer acelerações tão rápidas como as obtidas com câmbio manual. O automático do A4 2.0, nas duas versões de potência de motores, pode ser usado também manualmente com oito marchas e oferece ainda a opção Sport.


PESQUISA ASSOCIA DOENÇAS CARDÍACAS À FALTA DE HIGIENE BUCAL
Fotos:Divulgação
Uma boca perfeita e bonita
Uma boca linda

Novo artigo no Jornal da FASEB mostra que um adequado cuidado dental pode reduzir risco de aterosclerose, um dos principais causadores de doenças no coração. Tema será debatido na 27a edição do Ciosp – Congresso Internacional de Odontologia de São Paulo, que será realizado de 24 a 28 de janeiro de 2009, no Anhembi.

A próxima pessoa que lembrará você de passar o fio-dental talvez seja seu cardiologista, em vez do seu dentista. Cientistas descobriram há um tempo que a proteína associada à inflamação (chamada CRP) é elevada em pessoas com risco de ter doenças no coração.

Mas de onde a inflamação vem? Uma nova pesquisa feita por cientistas da Itália e do Reino Unido, publicada no site do Jornal da FASEB (do inglês The Federation of American Societies for Experimental Biology), mostra que gengivas infectadas podem ser um lugar. De fato, uma adequada higiene dental pode reduzir o risco de aterosclerose, derrame e doenças no coração, independentemente de outras medidas, como controle do colesterol.

"Há muito tempo se suspeita de que a aterosclerose é um processo inflamatório e que a doença periodontal tem um importante papel na aterosclerose", afirma Mario Clerici, M.D., sênior pesquisador do estudo. "Nosso estudo sugere que esse é o caso e indica que algo tão simples como cuidar da saúde dental e da gengiva pode reduzir muito o risco de desenvolver sérias doenças".

Para chegar a essa conclusão, os cientistas examinaram as artérias carótidas de 35 diferentes pessoas saudáveis (média de 46 anos) com moderada doença periodontal antes e depois de receberem tratamento periodontal. Um ano depois do tratamento, os cientistas observaram uma redução da bactéria oral, da inflamação imune e do aumento dos vasos sanguíneos associados à aterosclerose.

"Por muitos americanos terem algum tipo de doença gengival, essa pesquisa não pode ser descartada?", afirma Gerald Weissmann, M.D., editor-chefe do Jornal da FASEB. "Como podemos confirmar, a saúde dos vasos sanguíneos pode ser controlada pelo conhecido fio-dental".

"A relação entre gengiva inflamada e doença periodontal com problemas sistêmicos é um tema recorrente na Odontologia", diz Antonio Salazar Fonseca, cirurgião-dentista e presidente do Ciosp – Congresso Internacional de Odontologia de São Paulo, que acontece de 24 a 28 de janeiro de 2009.

"Pesquisas recentes indicam que processos inflamatórios produzem uma proteína que entra ou favorece a formação dos ateromas, que levam à aterosclerose. E essa inflamação poderá ser das gengivas. Em pacientes portadores de doenças cardíacas, quando sofrem intervenções odontológicas, principalmente problemas periodontais (doença que envolve os tecidos que suportam os dentes), as bactérias poderão entrar na corrente sanguínea e fixar-se em áreas de fragilidade, podendo gerar problemas sérios", explica Salazar Fonseca.

Por conta da importância do tema, o Ciosp também terá na sua programação cursos e palestras relacionando saúde oral e saúde sistêmica. A programação completa do Congresso pode ser conferida no site
http://www.ciosp.com.br/


ACDELCO LANÇA SUA NOVA LINHA DE LIMPEZA AUTOMOTIVA EM SUPERMERCADOS
Divulgação GM / Foto de Maurício Pavan

A ACDelco, uma das principais marcas da General Motors e referência pela qualidade de seus produtos, assinou contrato com o ARCOM - um dos líderes brasileiros na distribuição varejista de produtos de consumo – para lançar uma completa linha de limpeza automotiva nas redes de supermercados e mercearias.

Com oito novos produtos, todos notificados na ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), a comercialização da linha de limpeza automotiva já começou neste mês de dezembro de 2008. A nova linha, que também está disponível na Rede de Concessionárias Chevrolet, é domiciliar e tem como público alvo os consumidores que gostam de cuidar do próprio veículo.

Ela consiste em Cera Limpadora, Lava Autos, Silicone Gel, Limpa Pneus Gel, Limpa Pneu Líquido, Silicone Líquido, Desengripante e Limpa Pára-brisa. Os novos produtos de limpeza automotiva, para todas as marcas de veículos nacionais e importados, agregam-se aos já existentes da ACDelco, como baterias, filtros, aditivos de combustível, óleo, velas, cabo de velas, palhetas e outros.

Segundo Luiz Lacreta, diretor geral de Pós-Vendas da General Motors do Brasil, “esta é a primeira vez que a ACDelco desenvolve uma linha de produtos que visa, especificamente, o uso doméstico por parte de nossos clientes”.

Os lançamentos e suas características

- Cera Limpadora: renova e dá brilho à pintura. Sua fórmula protege o veículo contra raios solares UVA/UVB, poluição, chuva e maresia, Não deixa manchas brancas.

- Lava Autos: otimiza a intensidade do brilho na pintura do veículo. Biodegradável, possui PH neutro para não agredir as mãos. Embalagem exclusiva de 300 mililitros.

- Silicone Gel: de secagem rápida, ideal para utilização nos plásticos e borrachas (internos e externos), como painel, pára-choque, pneus, molduras e outros. Mantém o brilho por muito mais tempo. É produzido à base de água e não engordura as mãos.

- Silicone Líquido: limpa e protege todas as partes plásticas, de vinil e de borracha do veículo, dando brilho e deixando um aroma agradável. Não é gorduroso e pode ser utilizado também em pneus, pára-choques e frisos. Evita que as peças fiquem opacas, mantendo o brilho original das mesmas.

- Limpa Pneus Gel: hidrata e protege os pneus, mantendo um duradouro brilho molhado. A versão Gel facilita a aplicação e evita desperdício. Não é gorduroso.

- Limpa Pneu Líquido: conhecido como “pneu pretinho”, possui o melhor custo/benefício do mercado. Garante brilho e proteção contra ressecamento.

- Limpa Pára-brisa: de fórmula exclusiva, obtém excelentes resultados. Não ataca a pintura do veículo, borrachas e partes móveis do limpador. Permite um melhor deslizamento da palheta sobre o vidro evitando o ressecamento das borrachas e, conseqüentemente, prolongando a vida útil das mesmas. Aumenta a visibilidade na condução do veículo.

- Desengripante: de uso geral. Foi especialmente formulado com elevado poder de penetração. Assim diminuiu o atrito entre as partes, lubrifica e protege, o que facilita o movimento dos mecanismos.


VERSÍCULOS DO DIA

Pois o SENHOR vosso Deus é o Deus dos deuses, e o Senhor dos senhores, o Deus grande, poderoso e terrível, que não faz acepção de pessoas, nem aceita recompensas;
Deuteronômio 10:17

Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens;
Filipenses 2:7

Nenhum comentário: