quarta-feira, 9 de setembro de 2009

.:. OS RISCOS DE UM MEDICAMENTO .:.

Fábia Gouvêa em uma gravidez gemelar de risco teve uma trombose na perna esquerda e ficou entre a vida e a morte no hospital por sete dias e em observação por quase um ano. Exatamente um ano depois a irmã dela consulesa da Suiça fez uma promessa a San Thiago da Compostela que se a Fábia e sua filha Luara sobrevivessem, a irmã faria os 800 km do percurso a pé.

Em outubro a Fábia Gouvêa é a capa da revista Tunning Car

A Luara teve um rim maior que o outro durante toda a gestação. Como a Luara os rins ficaram igualados e a Fábia saiu de risco, a irmã foi até a Espanha e faleceu de trombose na perna esquerda deixando também dois filhos. O ocorrido é muito estranho, pois Fábia teve as filhas no dia 22 de maio que é o dia de Santa Rita de Cássia (santa das causas impossíveis) e a irmã faleceu no mesmo dia exato um ano depois.

E desde então as filhas nunca tiveram uma festa de aniversário na data de nascimento, pois todos os anos há alguma desgraça nesta data. No ano seguinte a avó materna que sempre cuidou de Fábia e das gêmeas foi atropelada e quase morreu na véspera do dia 22 de maio de 2008 e em 2009 novamente foi cancelada a festa das gêmeas porque a Laura foi operada as pressas por falta de respiração.

O interesse de Fábia com as pautas é porque Chiquinho Scarpa foi hospitalizado devido ter tomado o medicamento Roacutan que afetou sua cirurgia de estômago. Fábia tomou a mesma medicação durante o início da gestação sem saber que estava grávida (essa medicação acarreta aborto ou má deficiência física e mental) e por isso a empresa Roche acompanhou Fábia durante toda a gestação, pois ela foi a primeira a ter gêmeas com vida e saúde tomando essa medicação.

Devido todos esses acontecimentos Fábia quer alertar as pessoas sobre a medicação e a doença (que quase a levou a morte) e que pegou a apresentadora Nani Venâncio, que esteve hospitalizada após ter tido seu bebê por trombose no cérebro.

Nenhum comentário: